Rap-sando a educação: o movimento hip hop nas práticas pedagógicas para implementação da cultura étnico-racial

Janaina de Jesus Lopes Santana, Angela Maria de Souza

Resumo


O presente artigo é resultado de pesquisas realizadas sobre o Movimento hip hop, mais especificamente o rap, a partir da cidade de Foz do Iguaçu, PR que localiza-se na região de fronteira (Brasil, Paraguai e Argentina). Na perspectiva da Educação das Relações Étnico-raciais, abordamos o rap como uma estratégia didático pedagógica, utilizado-o para a implementação da Lei 10.639/03 que inclui os conteúdos africanos e afro-brasileiros nos currículos das escolas públicas e particulares. Neste trabalho o rap é abordado enquanto narrativa poética que proporciona uma maior interação com os/as estudantes, a partir da participação destes/as através de suas experiências estéticas. Com este objetivo, o trabalho de pesquisa foi realizado no Colégio Estadual Odará na Cidade de Foz do Iguaçu, PR com jovens de 13 a 14 anos que estão na sétima e oitava séries.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Escrita da História